Marcio S.

X

Release.

São poucos os DJs que podem dizer que viveram do começo da cena underground do seu país tanto quanto contribuíram para que a mesma exista hoje em dia. Esse é o caso de Marcio S. Original de São Paulo e na industria há mais de 10 anos, Marcio passou sua juventude escutando grandes nomes nacionais como DJ Mau Mau, Renato Lopes e Magal e eventualmente, com muita dedicação, se introduziu na cena que estava somente começando a se formar em solo brasileiro.

Mantendo seus sets com um mix harmonioso de House e Techno, Marcio consegue convidar Chicago e Detroit para dentro de um contexto brasileiro e sua visão artística e bagagem musical lhe renderam reconhecimento nacional e internacional. Residente da D-Edge na noiteMothership, já dividiu o deck com gigantes como Carl Craig, Daniel Bell, Dubfire, Jamie Jones, Guy Gerber e Solomun. Marcio também foi convidado para participar em 2014 do Boiler Room Amazonia, compartilhando do trabalho que realizou em Manaus junto com a Seven Entertainment, trazendo um som que não faz parte do circuito cultural da grande maioria dos estados do norte do Brasil. Junto com a Seven, aonde o DJ começou como residente em 2009 e foi posteriormente convidado para cuidar da direção artistica, conseguiu realizar 3 festivais, entre eles o famoso Warung Tour.

No início Marcio tocava em qualquer tipo de festa que normalmente seriam motivo de piada em comparação aos grandes eventos nos quais ele se apresenta hoje, porém em entrevista ao Alataj o DJ diz: “Não me arrependo de ter passado por isso, discotecagem livre, o foco era fazer as pessoas dançarem, sem rótulos, do mais pop ao underground.” Essa abertura para as mais diversas experiencias, contanto que as mesmas envolvam musica, surgiram das diversas fontes de onde Marcio bebeu quando jovem. O DJ pegou sua primeira balada em 1990 e narra os momentos de inclusão que a pista proporcionava – e ainda proporciona – enquanto o underground se estabelecia e se tornava parte da cultura do Brasil. Marcio também frequentou diversos clubs de black music e é daí que surge seu conhecimento de hip hop, rap, balanço e funk para adicionar ao seu amor por techno e house. Existe uma certa tranquilidade que se passa quando o DJ é tão confiante no seu gosto e referências que abre os ouvidos da pista para tracks inusitadas e é assim que Marcio borra as linhas que dividem o techno e o house, o underground e o pop, o clássico e o contemporâneo.

Artist
Release.




Booking.

Marcio S.



Voltar